• Últimas Notícias

    domingo, 10 de março de 2013

    10 fatos sobre animes

    Algumas curiosidades desse pequeno universo...



    1 – Os longas pioneiros
    Momotaro’s Divine Sea Warriors
    O primeiro filme de animação lançado no Japão foi “Momotaro’s Divine Sea Warriors”, em 1945. Já o primeiro anime longa-metragem colorido foi “Hakujaden: A Lenda da Serpente Branca”, de 1958. “Hakujaden” foi também o primeiro anime a ser lançado nos Estados Unidos. Na televisão japoensa o primeiro anime foi “Manga Calendar”, que estreou em 25 de junho de 1962 na emissora TBS, e sua exibição durou dois anos.
    Hakujaden: A Lenda da Serpente Branca

    2 – Velozes e Famosos

     “Speed Racer” foi o primeiro anime com grande projeção internacional. A série produzida em 1967 pela Tatsunoko Productions sofreu com o baixo orçamento disponível na época. Os produtores precisaram animar 52 episódios com dinheiro suficiente para apenas 26!


    3 – Como tudo começou...
    Fantomas
    Os primeiros animes chegaram ao Brasil na dácada de 1960. Naquela época foram exibidas por aqui séries como “O Homem de Aço” (Tetsujin 28 Go), “Oitavo Homem” (Eito Man), “Super Dínamo” (Paa Man), “Príncipe Planeta” (Yuusei Shonen Papii), “Marine Boy” (Ganbare! Marin Kid), “Zoran” (Uchu Shonen Soran), “Às do Espaço” (Uchu Ace) e “Esquadrão Arco-Íris” (Rainbow Sentai Robin). Nos anos 70 chegaram ao país os animes “Speed Racer” (Mach Go Go), “A Princesa e o Cavaleiro” (Ribon no Kishi), “Fantomas” (Ogon Bato) e “Sawamu” (Kiku No Oni).

    4 – Sucesso dos Defensores de Atena 

    No Brasil o anime de maior sucesso é “Os Cavaleiros do Zodíaco” (Saint Seiya), que estreou em 1° de Setembro de 1994 na TV Manchete, sendo reprisado a exaustão e tendo uma parcela de responsabilidade pelo "boom" dos mangás na década de 90. No Japão a série estreou na TV Asahi no dia 11 de outubro de 1986. Com produção da Toei Animation (que também produziu Dragon Ball, Sailor Moon e Digimon), a série é uma adaptação do mangá criado Masami Kurumada. Inicialmente foram produzidos 73 episódios (Saga do Santuário, mas com o grande sucesso da animação, em 1988 a Toei iniciou a produção do segundo ano do anime, com mais 41 episódios (Saga de Asgard e Saga de Poseidon). A série clássica dos Cavaleiros do Zodíaco foi apresentada no Japão até abril de 1989, durando exatos 114 episódios. Ainda na década de 1980, a franquia ganhou quatro filmes. Atualmente o mangá está em sua terceira reedição no Brasil.

    5 – Temos que pegar todos!

    Atualmente uma das franquias de maior sucesso em todo o mundo é “Pokémon”, série baseada em jogos da Nintendo. O anime foi lançado em Abril de 1997, e já está se aproximando dos 700 episódios. A animação conta também com 14 filmes para os cinemas e vários especiais para a TV. O universo “Pokémon” foi criado por Satoshi Tajiri, que teve a ideia observando sua coleção de insetos.

    6 – Anime-senpai

    O anime mais antigo e que ainda está no ar no Japão é “Sazae-san”, exibido desde 1969 na Fuji Television. Atualmente a série conta com mais de 6 mil episódios! O segundo colocado é o gato azul “Doraemon”, no ar desde a década de 1970. Animes populares no Brasil também estão entrando nesta lista, como “Pokémon” (com mais de 600 episódios) e “One Piece” (que em breve terá 500 episódios).

    7 – Das páginas para as telas

    A grande maioria dos animes são adaptações de mangás que fazem sucesso no Japão. Entre os maiores exemplos temos “Dragon Ball”, “Cavaleiros do Zodíaco”, “One Piece” e “Naruto”, todos títulos publicados pela editora Shueisha. Mas há exceções, como Code Geass e Evangelion (cujo mangá foi criado para divulgar o anime e é lançado até hoje).

    8 – Americanos com uma pitada de Japão.
    Thundercats
    Diversos desenhos animados americanos possuem parte de sua animação produzida por estúdios japoneses, como por exemplo “Thundercats”, “Transformers”, “Batman: The Animated Series”, “Pinky e Cérebro”, “Tiny Toon” e várias séries da Disney.

    9 – Um mercado lucrativo (e concorrido)

    A produção de animes no Japão movimenta por ano cerca de 1 bilhão de dólares. Anualmente mais de 400 estúdios de animação japoneses produzem aproximadamente 2.500 episódios de animes para televisão, DVD, internet e celular. Em média, cada episódio de meia hora custa 100 mil dólares para ser produzido.

    10 – And the Oscar goes to...

    “A Viagem de Chihiro” (Sen to Chihiro no Kamikakushi), de Hayao Miyazaki, foi o primeiro longa-metragem de animação produzido no Japão a ganhar um Oscar. Em 2003 o filme do Studio Ghibli levou o prêmio de Melhor Animação.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Esse espaço é destinado para comentários e discussões sobre as notícias do site.

    Os comentário são livres, mas estaremos de olho pra que ninguém passe dos limites. Comentários que contenham ofensas, links para outros sites ou materiais de conteúdo adulto serão moderados.

    Caso deseje firmar parceria, entre em contato conosco através do nosso e-mail animefanzines@outlook.com

    Seja educado, respeite a opinião dos outros. Faça desse espaço um ambiente saudável para o diálogo. Não queremos ser obrigados a mandar ninguém pra outra dimensão ;)

    Sobre Nós

    Sobre Nós
    Notícias e informações sobre o universo dos animes, mangás, games e muito mais sobre esse lado pop da cultura japonesa.