• Últimas Notícias

    quinta-feira, 19 de maio de 2011

    Godzilla

    O lagartão mutante que destruiu as maquetes de Tóquio!

    Godzilla 1954

     

    Na coluna Tokusatsu deste mês vou falar do lagartão mais famosos do mundo (não, não é o Greymon e nem o Charizard. E se você está pensando no Dragão Branco de olhos Azuis, também não é ele), o Godzilla. A fama dele é tanta que mesmo que nunca assistiu aos filmes sabe do que ele é capaz (é capaz de destruir uma maquete inteira com a sua fúria incontrolável).

    Sua primeira aparição em 1954 no filme "Godzilla" (estranho seria se ele aparecesse no filme de Harry Potter), produzido pela Toho Film Company Ltd. desde então, o lagartão protagonizou nada mais nada menos que  28 filmes (nem o Greymon apareceu tanto no cinema). Criado pela mente brilhante do produtor Tomoyuki Tanaka, do diretor Ishiro Honda, do mago dos efeitos Eiji Tsuburaya (o papai da família Ultra), e do compositor Akira Ifukube (responsável pelos efeitos sonoros que entraram para a história).

    300px-Godzilla_1954_Extras

    E quem pensa que o lagartão (eu sei, estou repetindo lagartão demais, mas  é melhor que chamar de monstro) surgiu da criatividade dos produtores se engana. Godzilla é a personificação do medo das armas nucleares (para quem andou cochilando – ou lendo mangás – na aula de história, nessa época o Japão havia sido bombardeada com duas bombas atômicas, em Hiroshima e Nagasaki). Criado por uma explosão nuclear, seu imenso tamanho, força, terror e destruição é na verdade uma alusão ao efeito das bombas atômicas soltadas em Hiroshima e Nagasaki. No transcorrer da série de filmes, o lagarto mutante (não reclamem desse termo, afinal, nada melhor para defini-lo)se desenvolveu como um personagem com características de um vilão ou às vezes como herói.

    O Godzilla acabou se tornando um aspecto característico da cultura popular japonesa, mesmo que tenha perdido a popularidade ao longo dos anos (perceba, ele perdeu a popularidade, mas não a fama), permanecendo como uma importante faceta dos filmes japoneses, principalmente por incorporar os  monstros gigantes ao gênero Tokusatsu.

    Gojira_1954_Japanese_posterPorque lagartão?

    Nos filmes japoneses, Godzilla é retratado como um dinossauro gigante (ou seja um réptil) com escamas cinzas e ásperas, um poderoso rabo e várias barbatanas dorsais. O problema é que sua origem varia de um filme para outro, embora  é quase sempre descrito como uma criatura pré-histórica e seus primeiros ataques ao Japão têm ligações com o início da Era Atômica. Em particular, a mutação causada por radiação atômica—fúria liberada pelo homem dividindo os átomos—é apresentada como uma explicação para seu grande tamanho e poderes estranhos. A aparência de Godzilla foi inspirada por várias espécies de dinossauros. Especificamente, ele tem o corpo de um tiranossauro, os longos braços de um iguanodonte e as barbatanas dorsais de um estegossauro (não sabe quem são esses dinossauros? Pesquisa no Google =D).

    Fora do cinema

    Pensam que o lagartão ficou só nas telonas? Godzilla também foi produzido como histórias em quadrinhos, inclusive uma série da Marvel Comics de autoria de Doug Moench publicada entre 1977 e 1979 e que fazia parte da continuidade principal da editora. Mais recentemente a Dark Horse lançou novas histórias. No ramo das animações, não foram poucas as aparições do grandão (seja como sátira em Os Simpsons ou como protagonista em desenhos animados da Hanna-Barbera ("The Godzilla Power Hour") e Adelaide Productions ("Godzilla The Series").

    Os (d)efeitos especiais

    Todos os filmes do Godzilla foram filmados usando a boa, velha e já tradicional técnica suitmation (onde os atores se vertem de monstros e lutam em maquetes gigantes). Os bonecos são feitos de látex retardante de incêndio, o que evita queimaduras de seus manipuladores. Os dentes são feitos de madeira e resina. O manipulador pode ver através dos buraquinhos no pescoço do boneco. Cabos e baterias são instalados nos bonecos para a movimentação do rosto. Fios de náilon usados por manipuladores assistentes movem o rabo. Os rugidos do Godzilla, que são suas marcas registradas, foram feitos por Akira Ifukube tocando um contrabaixo com um objeto de borracha.

    A invasão ao ocidente

    A invasão começou em 1957 no filme "Godzilla, o Rei dos Monstros", uma versão americanizada do original "Godzilla" (o que explica o título sem noção que utilizaram =P) no qual novo roteiro e novas cenas estreladas por Raymond Burr como o repórter Steve Martin foram acrescentados. Anos mais tarde, exatamente em 1998,  realizado em co-produção por Estados Unidos e Japão, estreia um novo filme do lagartão,  dirigido por Roland Emmerich. Nesse remake, após uma explosão nuclear na Polinésia Francesa, um monstro gigante nasce e começa a  atacar Nova Iorque (parece algo simples, e realmente é, mas a história do grandão se resume a isso mesmo). Ele ganhou vários prêmios, principalmente pelos efeitos especiais, embora tenha ganhado o Framboesa de Ouro (paródia do Oscar que premia os piores do ano) nas categorias  Pior Remake e  Pior Atriz Coadjuvante Maria Pitillo.

    Um videozinho para quem não assistiu ao filme de 1954

    Espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais sobre o nosso (nem tão) adorável lagartão. Mês que vem tem mais coluna Tokusatsu e se quiser mandar a sua sugestão, basta acessar a nossa página de contato (clicando no menu principal). Prometo fazer o possível para atender as sugestões dos leitores.

    Até a próxima! o/

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Esse espaço é destinado para comentários e discussões sobre as notícias do site.

    Os comentário são livres, mas estaremos de olho pra que ninguém passe dos limites. Comentários que contenham ofensas, links para outros sites ou materiais de conteúdo adulto serão moderados.

    Caso deseje firmar parceria, entre em contato conosco através do nosso e-mail animefanzines@outlook.com

    Seja educado, respeite a opinião dos outros. Faça desse espaço um ambiente saudável para o diálogo. Não queremos ser obrigados a mandar ninguém pra outra dimensão ;)

    Sobre Nós

    Sobre Nós
    Notícias e informações sobre o universo dos animes, mangás, games e muito mais sobre esse lado pop da cultura japonesa.