• Últimas Notícias

    quinta-feira, 19 de maio de 2011

    Bizarro: condenado japonês que tentou assassinato por ordem de “saiyajin”

    Tentem não chegar a esse ponto ¬¬’

    Dbz15

    É por essas e outras que muitos de nó levamos fama de maluco (sendo que não passamos de jovens cansados do mundo atual que de vez em quando viajam para um mundo fantástico para desestressar um pouco, mas que logo voltamos para a nossa dura realidade e sabemos distingui-las muito bem). Depois dos imbecis que tentaram roubar os mangás de One Piece, outro caso envolvendo Otaku (se é que podemos chamar esse lunático psicopata e com sérios problemas mentais de Otaku) vai parar nas páginas policiais.

    A Corte Distrital de Tóquio condenou à prisão um homem que dizia ter recebido orientação de um saiyajin (isso mesmo, aquela raça guerreira que adora dominar planetas,  de Dragon Ball Z) para que cometesse um assassinato usando uma faca. Mitsuru Imai, um desempregado de 38 anos, teve confirmado no júri uma debilidade mental (ou seja, o cara tinha uma mente bem fraquinha). Imai afirmou que esfaqueou a vítima porque um saiyajin lhe ordenou que fizesse. A defesa alegou que o desempregado tentou diminuir sua responsabilidade no momento do crime como circunstância atenuante. O juiz determinou que uma doença mental não fosse motivo suficiente para declarar Imai inocente por razões de insanidade (se todo louco fosse solto, o mundo viraria um hospício).

    No dia 8 de fevereiro do ano passado, Imai estava em uma loja em uma área comercial de Tóquio quando supostamente foi importunado por um homem desconhecido que estava bebendo desde a manhã. Em seguida, Imai comprou uma faca em uma loja de conveniência próxima do local. Logo após, esfaqueou outro homem que segundo ele, se parecia com aquele que o importunava. A vítima, então com 57 anos, teve graves ferimentos no abdômen, que levaram cinco meses para cicatrizar.

    Imai teria, a princípio, uma pena de três anos de detenção, porém a sentença final foi estabelecida em cinco anos, por ainda haver resquícios de sanidade que não o isentariam de culpa por tentativa de homicídio.

    Esse não é o primeiro caso desse tipo (e provavelmente não será o último). Nós, otakus devemos separar aquilo que vemos nos animes da VIDA REAL.  Sei que é difícil (afinal, a vida real é tão ruim =’(), mas temos que desligar do mundo mangá de vez em quando. Isso sim é ser Otaku, é saber separar as coisa e fazê-las conviver em harmonia. Pense nisso.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Esse espaço é destinado para comentários e discussões sobre as notícias do site.

    Os comentário são livres, mas estaremos de olho pra que ninguém passe dos limites. Comentários que contenham ofensas, links para outros sites ou materiais de conteúdo adulto serão moderados.

    Caso deseje firmar parceria, entre em contato conosco através do nosso e-mail animefanzines@outlook.com

    Seja educado, respeite a opinião dos outros. Faça desse espaço um ambiente saudável para o diálogo. Não queremos ser obrigados a mandar ninguém pra outra dimensão ;)

    Sobre Nós

    Sobre Nós
    Notícias e informações sobre o universo dos animes, mangás, games e muito mais sobre esse lado pop da cultura japonesa.