• Últimas Notícias

    domingo, 10 de abril de 2011

    James Marsters fala sobre a (não) continuação de Dragon Ball Evolution

    dragonball

    Há algum tempinho surgiu um boato sobre um novo filme baseado na franquia de sucesso Dragon Ball, criado por Akira Toryama nos idos de 86. Esse suposto novo filme estarai agora nas mãos da Paramount (responsável por sucessos como Homem de Ferro, Transformers e em breve por Capitão América e Thor). Para muitos seria a redenção, afinal, ainda não dá pra engolir o que fizeram com Goku e cia.

    O ator James Marsters (Piccolo em Dragon Ball: Evolution) durante o MegaCon 2011, revelou algumas informações um tanto quanto negativas (ou positivas para uns) a respeito da sequência de Dragon Ball.

    Provavelmente não.“, disse Marsters quando perguntado se faria outro filme de Dragon Ball. “Sabe que, se compararmos com Dragon Ball, não com Dragon Ball Z, com Dragon Ball, ele realmente detona comparado ao original. Mas todo mundo compara com Dragon Ball Z, e acham que é uma versão leve.“, falou com relação às críticas feitas principalmente por nós, fãs da série.

    A Twentieth Century Fox até deu início a produção de uma sequência para Dragon Ball: Evolution, que por motivos óbvios não obteve investimento e em seguida foi abandonada. James Marsters falou sobre essa produção: “Deveria ver o que fizemos com Z, nós ‘bombamos’ em Dragon Ball e íamos ‘bombar’ em Z. Nós trabalhamos o dia todo“.

    Ainda sobre o mesmo assunto, ele confirmou que haveria a transformação de Piccolo, de criança para adulto. Algo interessante dito pelo ator é o sentimento de que Dragon Ball certamente ajudou seu filho a crescer, “ensinando o que um homem é“.

     

    Edit.: [Urasam] Ele até poderia estar certo se não fosse por um pequeno detalhe. O filme fugiu à mitologia da série como um todo. Não nas questões das lutas, e sim ao transformar Picollo no mestre dos Sayajins e adicionar os guerreiros que sabe-se lá de onde saíram para aprisiona-lo. Com certeza sem isso o filme estaria no mínimo aceitável, pois a partir daí a história poderia fluir e se modificar. Exemplos? Em Homem de Ferro, mesmo com um começo meio modificado, a história seguiu a mitologia da série original e permitia mudanças caso fosse necessário.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Esse espaço é destinado para comentários e discussões sobre as notícias do site.

    Os comentário são livres, mas estaremos de olho pra que ninguém passe dos limites. Comentários que contenham ofensas, links para outros sites ou materiais de conteúdo adulto serão moderados.

    Caso deseje firmar parceria, entre em contato conosco através do nosso e-mail animefanzines@outlook.com

    Seja educado, respeite a opinião dos outros. Faça desse espaço um ambiente saudável para o diálogo. Não queremos ser obrigados a mandar ninguém pra outra dimensão ;)

    Sobre Nós

    Sobre Nós
    Notícias e informações sobre o universo dos animes, mangás, games e muito mais sobre esse lado pop da cultura japonesa.